23 de dez de 2011

Um dono sem cão

A alguns dias atrás resolvi fazer um bem para o corpo que tanto carrega esta minha cabeça, e resolvi dar uma corrida. Tipo esportista de fim de semana...

Alonguei-me por alguns míseros segundos - apenas por descargo de consciência - e desci as escadas do apartamento. Abri o portão, respirei fundo e iniciei aquela que seria uma longa e memorável corrida - ao melhor estilo Forest Gump.

Corri nem 100 metros, quando um cão surgiu ao meu lado. Um belo cachorro; preto e branco, uma cara amigável; até lembrava um border collie. O cão me olhou, e ficou me seguindo. Não dei atenção, imaginei que logo surgiria seu dono; e continuei em meu trajeto muito bem não-planejado. E o cão me seguindo. Foi divertido, correndo com um cachorro, uma bela companhia. Foi legal... até que comecei a me sentir 'seguido'. Cansei. Tentei tocar o animal, mas ele sempre voltava a me seguir. Tentei xingá-lo, bater o pé no chão, correr eu de trás dele. Mas nada, o animal era teimoso. Após repetir os xingares e bateres-de-pé-no-chão por umas 10 vezes, desisti. Continuei correndo; pensei: uma hora ele cansa. Ah, doce ilusão. O animal tinha muito mais fôlego que eu.

21 de dez de 2011

Página Facebook

Curta o "Crônicas de 1 Qualquer" no Facebook!



A perda

Como pude perder ela?
O que fiz de errado?!

Só damos valor àquilo que perdemos; já me disseram isto!
Burro  fui ao não perceber meu erro.
Se tivesse me tocado antes. Se eu pudesse voltar no tempo.
Onde foi que errei...? Onde foi que me perdi?
Onde?!

Ah, o arrependimento... O que farei agora?
Não posso voltar no tempo. O que farei agora?
Como remediar?
O que farei?!

Penso, repenso e fico tenso. Lembro... ou tento lembrar.
Apaguei da memória.
Não há mais tempo à perder.
Como farei?!

17 de dez de 2011

A necessidade de ser feliz

Algumas pessoas possuem a necessidade de ser feliz. Não estou falando de querer ser feliz, ou buscar a felicidade. Algumas pessoas tem a ne-ces-si-da-de.

Lutar, morrer, sofrer para ser feliz. Definir: amanhã vou ser feliz / hoje de noite vou ser feliz. Creio que algumas pessoas se programam: "hei, hoje vou ao cinema/teatro para dar muita risada, seja lá qual for o filme". Bom ou ruim. Besteirol ou comédia dramática. Na realidade acho que algumas criaturas dariam risada até em suspense, se tivessem se programado para tal. No teatro o povo ri até do aviso de que a peça vai começar, se o tema da peça for 'comédia'.

O mundo anda estressado, as pessoas estão sempre mentalmente cansadas. Querem ser felizes. Querem dar risadas. A cada ano mais e mais filmes de comédia besteirol (daqueles que nem se precisa pensar para assistir). As propagandas de TV são comédias, os programas são para dar risadas, revistas, séries, sites. 

Não nego, eu também quero ser feliz. Também gosto de dar risadas. Mas, por favor, me expliquem porquê aqueles idiotas sentados no meu entorno no cinema, estavam rindo daquele filme?! Sinceramente, tenho certeza que eles não entendiam as "piadas" (nem tinham "piadas"...o filme nem era comédia!!!). 

13 de dez de 2011

Criacionismo Errepegista

Tenho uma teoria...

Não sou religioso, agnóstico, crente, ou qualquer rótulo do gênero. Na realidade nem creio em um ser criador, que pegou lama e define quem você é, e qual vai ser seu futuro. Mas...

Dá a impressão de que tem alguém escolhe nossas características... como se fosse um jogo de RPG.
Sabe aquela etapa quando está criando um personagem em qualquer jogo, onde você escolhe as características dele? Inteligência, força, destreza, constituição, sabedoria, etc?
Você tem um número limitado de  pontos, e deve distribuir entre estas características. Ou seja, se quiser muita força e constituição, terá pouca sabedoria ou inteligência, por exemplo.

Tenho a impressão de que estes pontos são distribuídos assim... geralmente os fortões não são exemplos de inteligência; geralmente os nerds não tem lá muita constituição. Bom, e não sou eu que digo que beleza não é sinônimo de sabedoria. Destreza também parece ser inversamente proporcional às outras características - que não me deixem mentir vários jogadores famosos. E as gordinhas, bem, geralmente são simpáticas.

Ok. Parei.
Confesso.
Na real isto é mais um desabafo por não saber jogar bem futebol.

7 de dez de 2011

Esqueci o que ia escrever

Esqueci.
Esqueci o que pensava.
Esqueci o que pensava em escrever aqui.

Esqueci o que ia fazer quando levantei da cadeira.
Esqueci o que queria quando abri a porta da geladeira.
Esqueci o que eu ia procurar quando abri a aba do navegador.
Esqueci o que ia falar quando peguei meu celular e liguei pra namorada.

Esqueci o que que eu ia concluir no longo discurso que planejava neste post!


3 de dez de 2011

BIP BIP BIP. *click*

Com os primeiros raios de sol, toca um despertador. *click*. E é acionada a função 'soneca' do despertador do celular. Os melhores sonhos da noite parecem ter surgido naqueles poucos minutos. BIP BIP BIP. *click*. E é acionada a função 'soneca' do celular novamente. Vira para o outro lado e um pesado sono é prosseguido. Ossos estalam. A gravidade certamente não é 9,81 m/s² sobre esta cama. BIP BIP BIP. *click*. Vira o travesseiro, bota o edredom entre as pernas. Possivelmente roncou. BIP BIP BIP. *click*

Levanta. Vai até o banheiro, joga a tampa contra a parede, faz a maior força mental para acertar no alvo; baixa a tampa, aciona a descarga; lava as mãos, joga água no rosto. Olha o espelho, cabelos desgrenhados e olheiras. Na cabeça uma dor característica. Joga água novamente no rosto. Sai do banheiro e olha a cama.

Bicicleta de Lomba

Olhei para o lado e vi minha bicicleta escorada na parede, com os pneus murchos e o banco estragado.
Comprei esta bicicleta para facilitar meu trajeto até o trabalho; qual já estava facilitado, pois me mudei a pouco tempo para mais perto, à fim de evitar perder tanto tempo em trânsito - afinal de contas, eu poderia pegar estas cerca de 3h de trânsito diárias e gastar em 'nadismo'.

Andei alguns dias de bicicleta até a empresa, o que tornou o trajeto ainda mais rápido e prático. O vento na cara me proporcionava uma sensação de liberdade, mas estragava meus cabelos (os poucos que ainda restam). Na realidade também não me permitia andar lendo (sim, aprendi a fazer isto à algum tempo, para aproveitar ainda mais o tempo "livre"). Mas a bicicleta acabou estragando e foi mais fácil deixá-la encostada na parede do que fazer a manutenção necessária.

1 de dez de 2011

Pão e circo

Que besteira eu fiz estudando todos estes anos...
...devia ter gasto este tempo jogando futebol em um campinho qualquer.

Ligo a televisão e vejo jogadores de futebol ganhando milhões, e eu aí lutando pra mal ganhar o suficiente para pagar minhas dívidas. Devo já ter estudado uns 20 anos, e tenho mais uns 5 pela frente.
Ligo a televisão e vejo alguém que mal escreve seu nome ganhando em um mês o que eu não vou ganhar em 1 ano... na real o que eu não vou ganhar em uns 5...ou 10 anos!?

Droga... penso: o que que eu vou dizer pro meu filho (se tiver um) quando ele me responder que em vez de estar estudando está lá jogando bola?

26 de nov de 2011

Chimia de Abóbora [1]

O sol iniciava seu trajeto para o interior da Terra. Em breve tempo a escuridão dominaria aqueles pagos.

- Neto! Monta teu tordilho e vamos se bandear pro pasto campear o gado. Se a noite cai, quem manda nestes pagos são os bichos.
E se foram dois peões, com cães ladeando os cavalos. Era uma estrada de chão batido, marcada pelas patas dos cavalos. Aberta e delineada pela andança do gado.
Ao longe, pastando e ruminando viam-se as reses. Com o aproximar dos cavalos o gado ia se levantado - conheciam o caminho da volta.
Com o gado seguindo a frente e os cães acompanhando, avô e neto seguiam os animais.
- Esses bichos seguem na nossa frente como um tropel de soldados... – disse o velho Sebastião ao neto – e tu sabia que uns anos atrás, por esta mesma estrada, passaram marchando os Farroupilhas? Se iam para a peleia.
- Eu sei Vô... – respondeu o neto – tu já me contou.

7 de nov de 2011

E eu, o que faço com esses números?


Venho analisando socialmente algumas pessoas a um bom tempo. Entre muitas mesas de bar – ou de Cafés mesmo – tenho visto diferentes tipos de pessoas:
- Conheci pessoas que só sabem falar sobre filmes...
- Conheci pessoas que só sabem falar sobre música...
- Conheci pessoas que só sabem falar sobre futebol...
- Conheci pessoas que só sabem falar sobre LIVROS...

E me pergunto:


Ampulheta desregulada


Foi mau pessoal, eu estava meio afastado nos últimos dias... falta de tempo, "sá'com'é".
Acho que aqui no meu entorno o tempo sofre uma interferência do meu ego e o sol gira mais rápido em seu caminho diário no céu. Este mesmo efeito, consequentemente, atinge o tempo em toda sua amplitude, forçando meu ano a passar mais rápido, o que me força a dizer por todo 2° semestre: "Nossa, como o ano passou rápido, não é?!".

O complicado dessa mudança, na inconstante velocidade do tempo, é que minhas noites passam muito rápido... lhes juro que mal pisco os olhos e o meu relógio acelera sua rotação nos malditos 360° presentes no mostrador.
E sempre acordo quando os números estão iguais no digital: 1:11. 2:22, 3:33; alguma maldição adicional, assunto para outro momento.

Adicionalmente a esta preocupante variação temporal, é que durante o dia, quando estou no trabalho, tenho impressão de que o tempo passa m-a-i-s d-e-v-a-g-a-r. Juro! Mas enfim, de modo geral, numa média ponderada, meu tempo passa mais rápido que para o resto dos seres com polegar opositor. E consequentemente (certamente vocês me compreendem, claro!) tenho de me esforçar sobre-humanamente para gerenciar todas minhas atividades. Alguns de vocês talvez não compreendam, certamente, pois seu dia se divide em longas 24h... puff, quem me dera.

Em suma, decorrente desta minha complicada e pouco estudada condição, acabo por não conseguir ler muito durante o ano, possuindo uma baixa eficiência para tal atividade; mesma complicação se dá para escrever neste papel virtual.
Quem me dera ter descoberto esta deformação temporal mais cedo, pois tal resposta seria circunstancial para argumentar com meus professores em relação a algumas baixas notas. Minha condição é especial, claro.

Eu até gostaria de debater mais, e argumentar minha teoria com os caros leitores deste www, porém tá começando a novela... tchau.

Kapletto

(originalmente escrito para o blog http://www.vidadeleitor.com/)

14 de abr de 2011

Vivendo numa caixa de fósforos

Nasci numa cidade de interior,
Com uns 50 à 70 mil habitantes.
Vivi por uns 20 anos na mesma casa; uma casa de 3 quartos, com um pátio gigante, cheio de árvores de vários tipos. Tudo a poucos passos: mercado, estudos, amigos... toda uma vida, em resumo.
Grupos de amigos... pessoas que conheço uns 10 anos, sempre no entorno.
Sempre rodeado de amigos, de pessoas, de conhecidos.

Me mudei pra uma capital... com várias centenas de milhares de seres humanos.
Horas por dia andando: ônibus-articulados, trens, pernas.
Em praticamente 1 ano já estou fazendo minha 3ª mudança.
De uma casa de 3 quartos, com amigos nunca ao longe,
para uma Caixa de Fósforos sem um ser conhecido a vários km's.

Estou indo viver em algum Apart com uns 10m²...
Bancando cada cm²...
cada 'ml' de ar.

Quanto menos espaço ao meu redor, crio mais espaço dentro de mim.
Quanto menos tempo para o resto, mais tempo para sí.
Quanto menos tempo para fazer, mais tempo pra pensar.
Quanto mais pessoas ao meu entorno, mais só vou me sentindo.

Um universo de pessoas passa por mim a cada dia.
E nunca me senti tão em uma ilha deserta.

Em uma Caixa de Fósforos irei viver um pedaço de minha vida,
...

6 de abr de 2011

Assumo: sou um chato (Futebol)

Porquê eu não gosto de futebol...

Sou homem. Não sou fã de cerveja, muito menos de futebol.
Bebo socialmente e mal vejo final de copa do mundo.
Minha teoria é:
"Se meu time ganha... fico feliz; se ele perde... não fico triste"
Já me chamaram de hipocrita por esta teoria... bem, pode até ser... eu chamo de "não-achar-motivo-para-me-estressar".
Quando me questionam sobre para qual time eu torço, minha resposta padrão é:
"Olha... fui batizado como colorado"
---
O futebol é um esporte que nasceu na Inglaterra, com raízes mais antigas, antecedendo culturas bla bla bla...


E EU NÃO GOSTO DE FUTEBOL PORQUE.........
hummm... (pensando).

Já discuti com amigos engenheiros (discussões técnicas), que o futebol teria mais graça se tivesse menos falhas. Exemplo:
- bolas com sensores (... hoje em dia estão PENSANDO nisso);
- possibilidade de o juiz verificar em tela o lance que se passou (tipo visão 360°), famoso tira-teima;
- entre outros que tenho preguiça de tentar lembrar agora...

...mas bem, antes do bla bla bla de que perderia a graça. Esse não deve ser o meu motivo principal.

O motivo principal deve estar num limiar entre 'milhares de mortes de torcedores por discussões sobre o tema' e  'discussões de futebol por milhares de torcedores' (ainda vivos).
Para mim nada mais chato do que "técnicos de sofá". "Milésimo gol sentado na mesa de um bar", como disse o Humberto Gessinger certa vez. 90 minutos de jogo, 30 dias de discussão. Além do famoso: "...porque EU ganhei a copa." ... não amigo, foi o time para qual tu torce, apenas isso. Ah também, deixa o coitado ser feliz!

Bem, nunca gostei de futebol, desde a escola já não gostava. Uns dizem que eu jogava mal porque não gostava, outros que eu não gostava porque jogava mal... teorias.

... ou talvez eu não goste de futebol porque é o esporte mais praticado no Brasil. Eu gosto de ser diferente. Não tem graça o lugar comum.
Mas não adianta, futebol é o ópio do povo, sem isso acho que o Brasil já tinha entrado em guerra consigo mesmo.

---
Bem, talvez eu realmente não goste de futebol por um trauma de infância, porque jogava mal........ ou porque meu time perdeu em algum momento crucial do meu desenvolvimento psicológico...
NÃÃÃÃãããããã... duvido!
Aposto que não gosto por falta de tecnologia mesmo,
me acordem quando as bolas da Copa do Mundo tiverem sensores.

4 de abr de 2011

A capa do livro

Quem nunca avaliou um livro pela capa, que me atire a primeira pedra. Ou melhor, o primeiro livro.

Vivemos num mundo rotulado, onde as capas são o cartão de visitas.
Capas de livros, de sites, de CDs (eles ainda existem!), de DVDs (também!!), de pessoas. Pessoas tem capas, principalmente mulheres (embaixo de quilos de maquiagem!).

A indústria (pra não dizer MÁFIA) do designe/marketing/propaganda nos USA (usa, do verbo USAR, e não do inglês EUA).
Nos forçando a escolhendo um livro pela capa...
Dá a impressão, às vezes, que gastam mais no Marketing do que no produto em sí.


Sou ciente das CAPAS que rotulam o mundo,
E, olha que não sou (pelo menos não me considero) um idiota qualquer,
mas mesmo assim me deixo levar. Cheguei a criar teorias sobre isso:
- Para mim, uma boa Batata-Palha tem que ter Strogonoff na "capa".
Teoria quase sem falhas eu diria.


E livros, eu mesmo já resolvi ler livros só pela Capa... ou pelo Nome.
Um bom nome ou uma boa capa vendem sozinhos livros ou filmes.
Falando em livros, agora maior parte sai no padrão: PRETO-VERMELHO-BRANCO, repare.



VERMELHO também presente nos restaurantes de praças de alimentação de shoppings,
(se bem que diz que até o 'Mc' já tá mudando pra cores menos agressivas, como verde e azul...)

Claro.. verde!...
Estamos na época do VERDE (até meu blog é verde!).
Tudo é verde... tudo que é verde é ecológico... tudo que é "ecológico" é legal.
Mas isso já é assunto pra outro post.

3 de abr de 2011

Um Pato qualquer [2]

Veja bem...


passei uns 18 anos da minha vida estudando (até agora).
Uns 9 anos de Fundamental...
Uns 3 anos de Médio...
Uns 5 de Superior...
E 1 ano de recém-formado-tentando-passar-em-concurso.


Levei empurrando o fundamental, engrenei no médio, me matei estudando na facul.


Pra trabalhar no LIXO.


Sim. Trabalho com LIXO. Trabalhei uns 3 anos num lixão abandonado, e agora com "lixo" de indústrias.


E como gosto disso.
Estou tentando me especializar em Resíduos Sólidos Industriais agora inclusive.
Gestão, gerenciamento, planos, Produção+Limpa, PNRS, Desenvolvimento Sustentável!

---



É tudo questão de ponto de vista.
Seu LIXO, meu LUXO.

Assumo: sou um chato

Sou um 'chato' ... não nego.
Veja bem:


- Não gosto de futebol,
- Odeio pagode/sertanejo/afins,
- Não bebo (socialmente, e olhe lá!),
- Acho um saco novelas (fórmula pronta!),


Bah, tem tanta coisa mais que não gosto...


Sair à noite, em pub's, bares... saio acho que por obrigação social.
Pessoas fumando onde não pode... menores bebendo.... pessoas sendo falsas.
Falsa alegria, falsa identidade, falsos amigos.


Couver musical??? Pow, se eu não gostar não preciso pagar então?
Surdo paga couver?! Couver foi a pior invenção do século.
E nem me venha dizendo que 'o músico bla bla bla'... os bares que são pão-duros.
10% do garçom eu ainda posso negar...

E claro: "música que agrada a todos" . Impossível!!!!
Malditos DJs de pubs que tentam a todo custo apresentar as playlists que "não agradam a ninguém".
Música ruim fica na cabeça. Isso é lei.

E Leis. "Foram feitas para serem quebradas" ... quebrada tem que ser a perna do delinqüente que profana esta frase.
Leis... deve haver um certo gosto em desrespeitá-las, tipo efeito de drogas.

Brigas por futebol, namoradas, gostos em geral...
Amor cego por músicas, ultrapassando a barreira da realidade...
Bêbados fazendo m**** pela cidade, matando inocentes...
...


PARA O MUNDO que eu quero descer...
.
..
...
... na real, me deixa na próxima parada... tenho que resolver umas coisas antes.


---

Desabafei... 'guento mais um tempo agora.
Vou seguir mais um tempo essa vida de bom moço, respeitando as leis e tentando fazer algo pelo mundo.

NÃO GOSTOU DO QUE ESCREVI? 
Também não gosto de tanta coisa que nem posso reclamar!

2 de abr de 2011

Um Pato qualquer


Um dia me disseram para não ser que nem um PATO:
...que anda mal, voa mal e nada mal ...


(faz de tudo um pouco, e não faz nada bem).
Sem preconceito contra a classe das pobres Aves Anseriformes , claro!
Não me julguem como racista... e ... 
(bem, prosseguindo)

Então tentei de tudo um pouco pra achar algo em que fosse bem: esportes, música, cozinha;


E bem, o tempo passou...
Hoje NADO mal, TOCO VIOLÃO mal, COZINHO mal...

As madrugadas [2]

.
..
...

Olha o relógio: 03:00... Vira para um lado, vira para o outro. 
Olha o relógio: 04:00... Vira para um lado, vira para o outro... 
Olha o relógio: 05:00... vira...

Ou pior ainda

Olha o relógio: 03:00... 
Vira para um lado, para o outro... para um lado, para o outro.... 
pensa na vida...
faz planos... 
Vira para um lado, para o outro... olha o relógio: 03:05.

---

Mas talvez a pior coisa da madrugada seja a consciência pesada.
Por erros, por arrependimentos.... 
o arrependimento é uma vadia sacana, nos deixa acordados, revirando... tendo espasmos... lembrando novamente dos erros cometidos em dias (ou noites) passados. 

Desde coisas pequenas, besteiras que dissemos quando não deveríamos ter dito... 
até coisas grandes....

Ou noite de estudos. Matemáticas: para dormir precisa calcular e acertar algum cálculo.

Mas também, os melhores filmes passam de madrugada... e geralmente acabam depois do horário que eu pretendia dormir. 
Dormir as 6h da manhã, só para ver um bom filme...
Ganho a noite, perco o dia.

---

... Vira para um lado, vira para o outro: 05:12.
... Vira para um lado, vira para o outro.................. pisca os olhos. Toca o despertador: 08:00

HORA DE ACORDAR!

As madrugadas

"A insônia é sacana, surge de madrugada, e some nas tardes livres."

Não preciso nem dizer que é madrugada agora, enquanto escrevo estas "mal digitadas linhas".
São cerca de 03:30 ... cães latem lá fora, a TV fala sozinha aqui dentro. Nos fones alguma música qualquer. Minha cama segue parada no quarto.

Culpar a falta de sono talvez também seja uma facilidade.
Na realidade eu prefiro as madrugadas (em relação às manhãs ao menos) desde a infância.
Mas também... analisemos:

por que a melhor programação da TV está de madrugada?

O horário em que (teoricamente) menos gente vê a televisão, é o horário em que geralmente passam os melhores filmes.
Ok... nem todos gostam de televisão...

- por que o melhor horário da internet é a madrugada?

Ta ok.. sei que isso é relativo, mas... a internet foi "fundada" por outros países, o Brasil está agora conquistando seu lugar e bla bla bla. Qualquer pessoa que já jogou algum tipo de game online, sabe que o melhor horário é a madrugada, sempre tem mais gente. Quem quer baixar qualquer coisa, melhores velocidades... gente, sou do tempo da internet discada. 54kbps e aquele barulhinho clássico na conexão. Só dava pra mexer de madruga e nos fins de semana.

Tá... estou dando "desculpas para minha mãe que está me mandando ir dormir". Mas...

- por que a madrugada é o melhor horário pra estudar?

...Tá ok, tá ok: relativo. Mas analisemos:
A madrugada é silenciosa (normalmente!)... geralmente ninguém zanzando em casa (pra quem não mora sozinho!) . Passei madrugadas a fio estudando... dias, digo, madrugadas interessantes.

---

As melhores idéias vêm de madrugada... quando se está sem sono ... mas somem de manhã, antes de anotá-las.


De madrugada nos indignamos com as coisas mais simples...
Fazemos discursos e conversas mentais...
Defendemos nossas teses... contra nós mesmos... fazemos planos...

---

E comer de madrugada.... pós-ceia.... vida de Hobbit.
Olhar pela janela o mundo parado.
De manhã recomeça tudo lá fora...
E eu pretendo estar dormindo.

... será sono?
falo muita besteira quando estou com sono...
Não vou esperar ele passar....................

Blog: um re-início

"Odeio modas...principalmente quando acabo seguindo elas!"
... e assim, tão clichê'mente iniciei (depois de muita aversão) meu Twitter.


...com dizeres parecidos, foi no Facebook.
...Orkut (antigamenteeeeeee) também.
................. MSN mesma nóia.
................. ICQ, bem, foi pra entrar no mundo virtual.


Já tive Flog, Blog, (nenhum Vlog ainda)...
Aí pensei: "modas vem e vão" ... vontade também.
Resolvi refazer um blog,
e... bem... você está lendo ele agora.